Home / Treino / Devemos treinar mesmo sentindo dor muscular do treino anterior ?

Devemos treinar mesmo sentindo dor muscular do treino anterior ?

Imagine que você ainda está com um músculo doendo do último treino, mas chegou a hora de treiná-lo novamente.

Devemos pular o treino e tirar um dia ou dois a mais de descanso ?

Clique aqui

Ou apenas treinar como se nada tivesse acontecido ?

Em suma, devemos treinar um músculo que ainda está doendo do treino anterior ?

Veja bem.

Esta dor muscular que sentimos nos dias seguintes, geralmente é pior quando começamos um treino novo, quando fazemos um exercício que não estamos acostumados, ou quando voltamos a treinar após um tempo parado.

Conforme vamos nos acostumando com o treino, a dor muscular tardia costuma diminuir cada vez mais.

Veja também -> Dor muscular depois do treino: tudo o que você precisa saber

Clique aqui

Aquele treino de perna que deixou você mancando por dias, não vai mais parecer ter o mesmo efeito em termos de dor no dia seguinte.

Aqui muitas pessoas começam a se questionar:

“Devo mudar o treino porque o corpo já se acostumou ?”

“Será que eu não estou treinando pesado o suficiente ?

Afinal, se você sente dor muscular depois do treino, isto significa que você causou danos a ele.

Depois que a dor sumir, isto significa que o músculo se reparou e, agora, está maior e mais forte, certo ?

Não exatamente.

Primeiramente, os nervos sensitivos que causam a famosa dor muscular depois do treino estão localizadas no tecido conjuntivo entre as fibras musculares.dor-muscular

Em outras palavras, a maior parte da dor que sentimos alguns dias depois do treino, estão vindo do tecido conjuntivo e não do próprio músculo.

Mas calma.

Existe, sim, uma ligação entre a dor muscular e os danos causados ao músculo pelo treino.

Porém dor muscular não é o melhor indicativo do mundo para avaliar quão pesado foi os danos e o treino.

Seus pernas podem estar doendo tanto que fica difícil subir um lance de escadas, mas isto não significa que o treino tão pesado.

E o fato de você não sentir dor nos dias seguintes, não significa que o treino foi leve.

Em suma, o que estamos querendo dizer é que dor muscular não é o melhor ponto de referência para saber se o músculo está danificado e se recuperando ainda.

Afinal…

Devemos treinar quando o músculo ainda está doendo do treino anterior ?

Sim, desde que você esteja treinando corretamente, utilizando um volume e frequência de treino corretos.

Músculos demoram cerca de 48 horas para se recuperar completamente, às vezes, menos, como é o caso das panturrilhas, antebraços e abdômen.

Qualquer treino com o mínimo de bom senso, já vai permitir que os músculos descansem o suficiente entre um treino e outro.

Logo, mesmo que você ainda esteja sentindo dor, é bem provável que seja por outras razões que não vão interferir na hipertrofia.

Agora, se você está treinando há vários meses, e nota que sempre está sentindo dores musculares severas e sempre está com dificuldades de locomoção e para treinar.

É provável que seu treino não esteja bem elaborado e você está treinando com volume alto e frequência muito altos.

É possível treinar com volume alto ou frequência alta. Os dois ao mesmo tempo, não.

Palavras finais

Ficar dolorido dias depois do treino, não necessariamente significa que os músculos ainda estão se recuperando.

Se você já deu, no mínimo, 48 horas de descanso e eles ainda estão doendo, você pode treiná-los mesmo assim; sem qualquer problema e sem medo de estar interferindo na hipertrofia muscular.

Mais importante ainda é não tentar fugir dessa dor muscular tardia através do uso de anti inflamatórios ou relaxantes musculares.

Isto só vai atrapalhar como o seu corpo lida com a dor e como ele se adapta ao treino.

Por outro lado, provocar a dor, na tentativa de gerar mais resultados, também não é a melhor ideia do mundo.

Novamente, o nível de dor muscular não é equivalente aos danos causados ao mesmo.

Você pode ter um treino incrível, que vai gerar muito estimulo para hipertrofia muscular, mas por estar acostumado ao treino, não sentir qualquer dor.

Resumindo: desde que você esteja fazendo um treino bem elaborado, não há qualquer problema em treinar um músculo que ainda está doendo.

Apenas tenha em mente que dor articular, não é no músculo.

Se você sente dores nos cotovelos, joelho, ombros e outras articulações, isto significa que você está executando algum exercício errado e pode se lesionar.

Na dúvida, sempre consulte seu professor para ter certeza que está executando um exercício da maneira correta.

Se a dor ocorre em uma articulação, principalmente durante o exercício, algo está errado e precisa ser consertado.

Ainda restou alguma dúvida ? Poste um comentário perguntando, para que possamos deixar este texto cada vez mais completo para você e as outras pessoas da comunidade.

E se o texto ajudou você de alguma forma, considere assinar nossa lista de emails, desta forma você será o primeiro a ser avisado quando um novo texto como este for lançado.

Basta clicar aqui e colocar o seu email principal.

Caso preferir, você também pode curtir nossa página no Facebook. Avisaremos por lá também e tudo o que você precisa fazer é clicar no "curtir" abaixo :).

MÁXIMA CONCENTRAÇÃO. MELHOR CUSTO-BENEFÍCIO

Sobre Redação Hipertrofia.org

O maior site sobre musculação em língua portuguesa da internet. Desde 2007 trazendo o melhor conteúdo sobre musculação, sempre baseado nos últimos estudos científicos, autores renomados e experiência prática.
Clique aqui para saber mais

15 comentários

  1. eu luto bastante e sempre fico com dores

  2. as dores em mim somem depois q eu faço o mesmo exercisio depois de 48 horas

  3. Eu nao treino enquanto estou dolorido nao , para mim ficar dolorido e sinal de que ainda ha fibras musculares a serem recuperadas , e se treinar com elas ainda sem estar recuperada , pode ate gerar catabolismo ou overtraining. E outra , treinar com musculo dolorido abaixa e muito o rendimento nos exercicios.

    • depende de como está a dor muscular tardia cara, essa ideia de descanso do músculo é muito relativa e individual, vai depender de idade, alimentação, sono, como regra geral é bom adotar-se no mínimo 48 horas, catabolismo e overtraining não é algo tão simples assim de acontecer, a alimentação influência muito aí, claro se você tiver morto do treino anterior ainda e vê que num vai da e insistir pode sim gerar um overtraining, mais se está apenas um pouco essa sensação de fadiga acho que não interfere não, eu por exemplo treino 6 vezes na semana, tentei dividir meu treino da melhor maneira possível, mais não consegui entre sexta e sábado, sexta treino ombros e sábado bíceps/tríceps, no treino de ombros o desenvolvimento recruta tríceps braquial como sinergista, e sábado eu trabalho tríceps, não sinto nenhuma diferença de força, fadiga, já fiquei sem treinar sexta ombros, treinando sábado direto tríceps/bíceps e não senti diferença com relação a força e rendimento.

    • o treino e catabolico.o anabolismo so acontece quando vc manda os nutrientes necessários (proteina e aminoácidos) e o mas importante o escanço

  4. faltou falar do acido latico na materia =)

    mas otima materia! temos que entender da onde vem a dor! escutar o nosso corpo! será que é apenas o acido latico ? ou estamos com uma pre lesão? o nosso corpo fala pra gente o que é! +) apenas você precisa escutar ele!

    geralmente essa dor é apenas acido latico =) nada como um aquecimento para liberar isso! mas se for uma dor mais séria melhor verificar o que é! causas:

    falta de alongamento!
    uma lesão começando!
    falta de descanço!

    e assim vai!

    • sim é o que disse lá em cima, é muito individual isso, aquecimento é bom assim como uma recuperação ativa nos dias em que não se está treinando, atividades de baixa intensidade.

  5. Matheus Oliveira

    Putz, aconteceu isso comigo na primeira vez que eu treinei pernas. Peguei muito pesado e, mais ou menos dois dias depois do treino, não estava nem conseguindo andar direito, parecia que minhas pernas pesavam toneladas, e que eu estava assado; tudo doía. As dores foram sumindo aos poucos e só me recuperei uns 5 dias depois. Depois que comecei a pesquisar informações sobre como treinar de modo correto as dores nunca mais voltaram.

    • cara isso que aconteceu com você é normal, seu corpo não estava acostumado com o treino de inferiores, nada mais óbvio que ele responder desta forma, eu mesmo fiquei à um tempo atrás 2 semanas sem treinar inferiores por motivos de saúde quando voltei 2 dias depois do treino de inferiores não aguentava nem andar direito, corpo desacostumou, isso não é um parâmetro confiável pra se definir se o treino foi bom ou não, como pode ver o corpo só desacostumou e doeu mais porque fiquei 2 semanas sem treinar, mais o treino de inferiores foi o mesmo, intenso e pesado.

  6. Adorei a matéria. Eu vivia pensando que não sentia dor não estava fazendo certo achando que devia sentir dor sempre

  7. Sobre o tempo mínimo de​ descanso, ele pode ser alternado? Ou precisa ser 48hs seguidas. Antes malhava de segunda a sexta. Sábado e domingo eu descansava para o músculo se recuperar. Agora, intercalo esses 2dias de descanso na semana: malho de seg a quarta (quinta descanso) e retorno na sexta e sábado (domingo descanso). È errado ou tanto faz?

    • Redação Hipertrofia.org

      É possível que você não tenha entendido o texto (ou não entendemos seu comentário). Um músculo demora cerca de 48 horas para se recuperar, apenas o músculo que você treinou, não o corpo inteiro.

      Se você treinou peitoral hoje, não tem problema nenhum treinar costas no dia seguinte.

      As 48 horas é para o MESMO músculo.

  8. O que seria o tecido conjuntivo, e pq ele fica dolorido após o treino?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários agressivos, ofensivos, com propagandas ou que não adicionam algo a discussão, não serão aprovados.

Simple Share Buttons