benchpress2 300x222 5 Pecados Cometidos no Treino para Peito
Cinco erros graves cometidos no treinamento do peitoral que podem prejudicar seus resultados e até mesmo ocasionar lesões. Aprenda a evitá-los e aprimore seus ganhos!

Você pode ser culpado de um ou de todos os pecados citados abaixo, está na hora de confessar os pecados e pagar a penitência. :D

1) Não aquecer corretamente

O aquecimento além de melhorar a circulação sanguínea, evita lesões devido ao aumento na irrigação nos ligamentos e músculos pelo sangue. Faça 10 minutos de bicicleta na menor dificuldade possível, o propósito do aquecimento é fazer o sangue circular, logo não é necessário gastar energia(tão preciosa) na esteira, depois da bicicleta, caso o seu treino comece pelo supino(o mais provável), faça 20 repetições sem peso somente com a barra(de 20kg ou a barra de 12kg com 5kg de cada lado) para aumentar o aquecimento dos músculos e ligamentos recrutados especificamente pelo exercício. Negligenciar o aquecimento além de prejudicar a sua performance, pode trazer uma bela lesão que poderá prejudicar muitos treinos futuros. Aquecimento é regra e deve ser levado muito a sério.




2) Deixar o ego interferir no seu treino

Duvido muito que você nunca tenha escutado esta frase na academia: “Quanto você ergue no supino ?” Muitas pessoas, são motivadas por essa pergunta a tentar erguer sempre o máximo de carga no supino, erguer o máximo no supino é uma coisa, mas erguer um peso que você não aguenta é outra. Isto além de deixar o seu instrutor puto da cara, pois ele não foi contratado para erguer pesos para você e sim para orientá-lo, prejudica os seus ganhos e ainda por cima pode gerar lesões.

3) Excesso de Treino

Exagerar no treino para peito pode prejudicar seriamente os seus ganhos. O músculo cresce durante o descanso e não durante o exercício, treinar peito mais do que duas vezes por semana só irá levar o seu corpo a entrar em um overtraining,  e estes sintomas podem afetar tanto os ganhos do peitoral como nos outros grupos musculares. Overtraining não é bom em nenhuma ocasião.

4) Não treinar músculos sinergistas

Músculo Sinergista
Um músculo é considerado sinergista sempre quando se contrai ao mesmo no tempo do agonista, mas não é o principal músculo responsável pelo movimento. Normalmente o músculo sinergista e o movimento, e normalmente também existem mais de um músculo sinergista em um movimento articular.
Ex: No supino, os principais músculos sinergistas do peitoral são o triceps e ombro.




Negligenciar o treino dos sinergistas também pode prejudicar os seus ganhos. O seu treino de ombro e tríceps deve ser levado com a mesma seriedade que o de peito. Músculos sinergistas fracos é sinônimo de um peitoral fraco. Se os músculos sinergistas acabarem sendo fatigados antes que o peitoral, o mesmo nunca exercerá o máximo de empenho em um exercício, limitando os seus ganhos.

5) Dieta Errada

Não adianta ter o treino mais perfeito do mundo se houver uma dieta falha, é a mesma coisa que tentar construir um muro somente com os tijolos, sem o cimento.  Uma dieta bem elaborada, rica em proteína, carboidratos e com gorduras moderadas pode aumentar significativamente os seus ganhos, maximizar a sua força e recuperação muscular. Um treino intenso seguido de uma dieta falha, é altamente prejudicial, pois vai ser a sua massa muscular que será usada como fonte de energia para suprir todo este gasto energético decorrente do treino pesado.






Clique aqui!

Atenção: o site Hipertrofia.org não autoriza a cópia dos artigos em outros sites.

Protected by Copyscape Originality Check